sábado, 14 de fevereiro de 2015

Casa Guimarães, Casa Havanesa e Tabacaria Africana: As três casas centenárias do Bairro Novo encerraram já neste século

A história da Casa de Guimarães (1907), Casa Havanesa (1911) e Tabacaria Africana (1922) que ‘fizeram’ o Bairro Novo há mais de cem anos! 
As datas indicadas referem-se à inauguração dos referidos estabelecimentos no Bairro Novo, porque se formos à data da sua criação a ordem é outra. 
CASA DE GUIMARÃES: Já existia em Lisboa desde os finais do Século XIX. Em 1907 abriu uma sucursal no ‘picadeiro’ da Figueira da Foz. Encerrou em maio de 2001 (VER AQUI). 
CASA HAVANESA: -Abriu em 1885 na então chamada Praça da Reboleira, mais tarde Praça Nova da Alegria (agora Praça 8 de Maio / Praça Nova), só mudando para o Bairro Novo em 1911. Encerrou em dezembro de 2006. (VER AQUI); 
TABACARIA AFRICANA: -Existe desde os fins do Século XIX, mas com esta designação só a partir de 1922. Encerrou de vez em junho de 2014 (VER AQUI).

1 comentário:

Anónimo disse...

Memorias de um tempo feliz e inocente.
Hoje o Bairro Novo agonia.

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------